quinta-feira, dezembro 11, 2008

31.AMBIENTE IMAGENS DISPERSAS.2008



Depois de vencer o concurso de fotografia AMBIENTE IMAGENS DISPERSAS 2008, foi com esta fotografia que Chico Lima venceu a categoria "GRAPHISM" pela Samsung do concurso de fotografia da "prestigiadíssima" revista francesa de fotografia PHOTO magazine. PARABÉNS!

OVARVÍDEO2008



Hoje será a estreia do OvarVídeo08, com o filme WHO KILLED THE ELECTRICAL CAR.
Aqui o Director de Programação este evento explica-nos a lógica desta edição. E aqui a outras propostas do programa.

sexta-feira, novembro 28, 2008

PLANTAÇÃO DE ÁRVORES - ESCOLA EB 2/3 ANTÓNIO DIAS SIMÕES










Na passada quarta-feira, 26 de Novembro, os alunos da turma CEF de jardinagem, 5ºL e 6ºO, plantaram árvores em locais onde outras haviam tombado por acção climatérica. Assim sendo, foram plantados dez carvalhos nacionais quercus robur no Jardim Garrett e no Jardim de São Miguel.

Estes jovens sentiram-se envolvidos numa melhoria dos jardins de Ovar, na divulgação do carvalho nacional quercus robur, na contribuição para a melhoria da qualidade do ar, para o aumento da captação de carbono, ajudando assim o combate ao aquecimento global. UMA EXPERIÊNCIA QUE JAMAIS ESQUECERÃO. ESTA JÁ NINGUÉM LHES TIRA.

Esta actividade foi coordenada pela professora Graça Reis da Escola António Dias Simões e pela Engª. Mónica Rebelo do departamento do Ambiente da Câmara Municipal de Ovar com a colaboração dos Amigos do Cáster.

30.AMBIENTE IMAGENS DISPERSAS.2008







Desta vez a acção de divulgação da Associação Amigos do Cáster e do encontro de fotografia Ambiente Imagens Dispersas decorreu na Escola António Dias Simões, à qual, agradecemos a sua generosa hospitalidade e receptividade às nossas iniciativas.

Quem ajudou a portar a nossa mensagem foi o fotógrafo de natureza João Cosme. O público juvenil ficou fascinado com a qualidade do seu trabalho e com a visão da natureza "em fato de gala". Uma apresentação primorosa. Bem haja o clube de ciencias desta escola.

quinta-feira, novembro 27, 2008

CICLOne CONFERÊNCIA - RIO CÁSTER



Da esquerda para a direita o Sr. Vereador do Ambiente da Câmara Municipal de Ovar Prof. José Américo, Sr. Vereador da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira Dr. Emídio Sousa, Sr. Administrador da SIMRIA Dr. Jorge Torres. Estes senhores honraram-nos com a sua presença.



Foi com bastante satisfação que a Associação Amigos do Cáster sentiram a excelente receptividade da sua última CICLOne Conferência subordinada ao Rio Cáster realizada na sala da Junta de Freguesia de Ovar. Na plateia pudemos contar com os responsáveis autárquicos de diversas Juntas de Freguesia: S. Vicente de Pereira Jusã, São João de Ovar e Ovar. Representantes de diversas associações, os Bombeiros Voluntários de Ovar, Palheiro Amarelo, CENÁRIO, ECO-CLUBE da POUPA, Associação Ambientalista da Ribeira da Laje, dois agrupamentos de escuteiros do do nosso concelho, assim como responsáveis partidários. Não pudemos ficar indiferentes à presença de populares que se apresentaram com vontade de saber mais sobre este problema interminável.

Considerando os objectivos desta palestra - informar a opinião pública, de quais os problemas do rio Cáster e respectivas medidas de melhoria - o vereador José Américo apresentou a FAPOVAR como um problema de difícil resolução, tendo depois apresentado os principais projectos para melhorar a interacção entre a nossa comunidade e este importante recurso hídrico, em concreto, a criação do Parque Urbano da Cidade e a requalificação das margens do rio. À posteriori não deixou de referir que está para breve a limpeza da ribeira da Senhora da Graça.

Quanto ao Sr. Vereador do Ambiente de Santa Maria da Feira, admitiu que o seu município é um forte factor de poluição deste rio embora uma das suas principais prioridades é levar a cabo o seu processo de despoluição. Presentemente, um dos maiores entraves para resolver este assunto é processo de aquisição de terrenos para que a rede de esgotos municipais (rede em baixa) se desenvolva...

... Aliás o mesmo que se confronta a SIMRIA, para que possa levar a cabo o interceptor do Cáster (rede em alta), o qual, quando terminado, desde que devidamente abastecido pela rede de esgotos municipais (rede em baixa), permitirá uma enorme melhoria de qualidade da água do rio Cáster.

Foi também com bastante felicidade que soubemos durante debate que, o "142 de 2008" transfere para os municípios a capacidade de criar e gerir as reservas naturais municipais, onde se poderá inserir o projecto de Área de paisagem Protegida da Foz do Cáster, inclusivamente, tendo já sido entregue à Câmara Municipal de Ovar uma proposta de Álvaro Reis, para o desenvolvimento deste "difícil" projecto. Muito em breve, os Amigos do Cáster também apresentarão a sua iniciativa enquadrada nesta matéria.

Tal como, se escreve no nosso suplemento Praça Verde do jornal Praça Pública: «Este é, sem dúvida, um caminho longo e sinuoso, mas que forçosamente tem de ser percorrido. E que, para bem de todos, se consigam atingir as metas o quanto antes!...
Certamente o rio Cáster é para continuar a dar que falar.»
Não descartar, o facto de em conversa particular, alguns populares terem manifestado ansiedade para uma acção mais incisiva, porque o tempo escapa-lhes e é seu interesse ainda terem a oportunidade de verem o Cáster com águas translucidas!

ECOPASSEIO "A RIA VISTA DE VÁRIOS ÂNGULOS - OVAR"








Tal como previsto, os Amigos do Cáster levaram acabo mais um ECO-PASSEIO. Desta vez, caminhámos e pedalámos pelos pontos de requinte ambiental do concelho de Ovar: Cais do Puchadouro, Moita e Foz do Cáster.

quinta-feira, novembro 20, 2008

ECOPASSEIO - FOZ CÔA | "LOW COST"

Já só falta uma semana para o Ecopasseio!

Como tinha prometido, faltava informar dos custos previsto e do espectáculo com as "HIJAS DEL FLAMENCO".

Os custos previstos são:
Dormidas: 12,00 € por noite (com reserva e cartão de alberguista);
Visita às gravuras: 7,00 €;
Passeio pedestre com guias e equipamento de observação de aves e transporte: 5,00 €;
Jantar na pousada: 6,00 €;
Restantes jantares e almoços: Formato “low cost”;

Assim, este Ecopasseio tem tipologia “low cost” mas serviços de executiva!

Quanto ao espectáculo será no dia 29 às 21h30 no Auditório do Centro Cultural de Foz Côa com entrada gratuita!


Todas as inscrições devem ser feitas para gomescarla@hotmail.com ou através do n.º 966082462 (Carla Gomes);

sábado, novembro 15, 2008

29.AMBIENTE IMAGENS DISPERSAS.2008

Carlos Vaz Marques vence Prémio Fundação Ilídio Pinho de Jornalismo Científico, ver aqui e aqui.

CICLOne CONFERÊNCIA - RIO CÁSTER

A Associação Amigos do Cáster promove mais uma oportunidade de exposição e debate sobre um tema da maior importância para o concelho de Ovar: "RIO CÁSTER".
Assim, muitos vareiros terão a oportunidade de descobrir quais as causas, as consequências e as possíveis soluções para este problema que assola o nosso concelho.



Para tal, contará com o Sr. Vereador da Câmara Municipal de Ovar Prof. José Américo, o Sr. Vereador da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira Dr. Emídio Sousa e o Sr. Administrador da SIMRIA Dr. Jorge Torres.

Sexta-feira, 21 de Novembro pelas 21:45, na Junta de Freguesia de Ovar.

quinta-feira, novembro 13, 2008

ECO FIM-DE-SEMANA

Vídeo com algumas imagens da envolvente de Foz Côa ….


video

Em breve todos, mesmo todos os dados do ECOPASSEIO incluindo informações da noite com um espectáculo com as "HIJAS DEL FLAMENCO"!!

Já reservas-te o teu lugar?

28.AMBIENTE IMAGENS DISPERSAS.2008



Numa acção de promoção, os Amigos do Cáster deslocaram-se à Escola Secundária José Macedo Fragateiro para divulgar o nome, o trabalho desta associação, o encontro de fotografia AMBIENTE IMAGENS DISPERSAS e a fotografia de natureza. Os Amigos do Cáster foram representados pela Sara Almeida e pelo Pedro Lopes, enquanto que a fotografia de natureza foi representada pelo fotógrafo desta vertente, Filipe Silva.







Aproveito para anunciar que teremos uma acção semelhante prevista para segunda-feira, 24 de Novembro, na Escola Básica 2/3 António Dias Simões, com o fotógrafo João Cosme.

quarta-feira, novembro 12, 2008

WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR - DISTINÇÃO A NUNO SÁ



Seguramente um dos concursos mais importantes do mundo de fotografia de natureza é o WILDLIFE PHOTOGRAPHER OF THE YEAR, organizado pelo Museu de História Natural e patrocinado pela BBC Wildlife Magazine e pela Shell.

Pela primeira vez num concurso com pelo menos 40 anos, um Português foi distinguido com uma "Menção Honrosa" (Highly Commended). Isto significa que em 2008, Nuno Sá, encontra-se entre os melhores do mundo. Parabéns!!! Seguramente uma forte afirmação da fotografia de natureza em Portugal.

terça-feira, novembro 04, 2008

CICLOne CONFERÊNCIA - EROSÃO COSTEIRA (2)



O painel: da esquerda para a direita, Carlos Coelho da Universidade de Aveiro, Carlos Ramos dos Amigos do Cáster e Álvaro Reis activista ambiental vareiro.




Carlos Coelho da Universidade de Aveiro




O ambientalista Álvaro Reis




A plateia na Junta de Freguesia de Ovar




A plateia na Junta de Freguesia de Ovar


A CICLOne CONFERÊNCIA - EROSÃO COSTEIRA, cifrou-se num acontecimento vibrante, com debate aceso, um painel sensacional e individualidades ilustres na plateia, que deram muito mais sentido e um contributo fantástico esta iniciativa da Associação Amigos do Cáster.
Para melhor compreensão do que escrevo, ver o trabalho do repórter Luís Filipe Silva [Ver aqui nesta ligação].
A primeira reacção da imprensa a esta iniciativa dos Amigos do Cáster partiu da Rádio SFM.

sexta-feira, outubro 24, 2008

ECOPASSEIO "A RIA VISTA DE VÁRIOS ÂNGULOS - OVAR"

video

Já estamos a pensar na nossa actividade de Fim-de-semana (29, 30 de Novembro e 1 de Dezembro) em Foz Côa.

Para já vamos realizar um Ecopasseio por Ovar! Dia 9 de Novembro 2008 vamos mostrar a Ria de Aveiro (canal de Ovar) de vários ângulos:

Foz do Cáster
Cais Puchadouro
Ponte da Moita


Este Ecopasseio será de bicicleta e pedestre e terá duração de 1 dia com pausa para almoço (pode realizar-se só uma parte). O objectivo é dar a conhecer os magníficos recantos da nossa Ria apresentando o também os locais onde se vão desenrolar os estudos para o futuro percurso pedestre interpretativo.

Dados a reter:
· Data: 9 de Novembro 2008 (Domingo);
· Grau de dificuldade: Baixo;
- Local de encontro: Junto à nossa sede (Largo dos Bombeiros Voluntários);
· Horário de saída: 10h00;
· Horário previsto de chegada: 17h00;
· Custo: 2,5 € - Incluí: Seguro e Organização;
Inscrições e outras informações através do contacto:
jmlralmeida@gmail.com ou 964738413 (Jorge Almeida)

Nota: Não esquecer de aparecer de bicicleta e com alimentos para o dia!

quarta-feira, outubro 22, 2008

ECOPASSEIO | FOZ CÔA | 29, 30 DE NOV. E 1 DE DEZ.

Amigos, está na hora de começarem a pensar no nosso mais que famoso Ecopasseio de fim-de-semana (29, 30 de Nov. e 1 de Dez.)!

Desta feita vamos conhecer o Douro Vinhateiro e o Vale de Côa, visitando as gravuras rupestres do Paleolítico Superior reconhecidas pela UNESCO como Património Cultural da Humanidade. Está também em agenda um passeio pelos Trilhos da Faia Brava, numa viagem ao património natural e cultural do vale do Côa, percorrendo caminhos antigos usados por moleiros e pastores, nos tempos em que este vale pulsava de vida humana.


O Programa (provisório) é o seguinte:

Dia 29 de Novembro de 2008

09h:30m: Saída de Ovar*
11h:59m: Chegada a Foz Côa (indicação GoogleMaps)
12h:13m: Almoço Volante (é necessário já levar está refeição!)
13h:00m: Visita às gravuras rupestres (sai um jipe cada 15 minutos com 8 pessoas)
18h:27m: Recolha e instalação na pousada da Juventude de Vila Nova de Foz Côa**
20h:01m: Jantar (eventualmente na pousada)
22h:00m: Noite livre nos bares de Foz Côa!
22h:05m: TODOS NA CAMINHA!!

Dia 30 de Novembro de 2008


09h:06m: Alvorada
09h:30m: Reunião em frente da igreja da aldeia de Algodres para o nosso percurso pedestre!
13h:26m: Almoço volante nas margens do Rio Côa (é necessário já levar está refeição!)
16h:33m: Fim do Percurso
17h:00m: Fim de tarde para conhecer Foz Côa ao “por do sol”
18h:27m: Recolha na pousada da Juventude de Vila Nova de Foz Côa**
20h:01m: Jantar (eventualmente em restaurante local)
22h:00m: Noite livre nos bares de Foz Côa!
22h:05m: TODOS NA CAMINHA!!

Dia 1 de Dezembro

09h:32m: Alvorada
10h:14m: Partida com destino a Ovar
10h:56m: Chegada a S. João da Pesqueira – Visita à vila (indicação GoogleMaps)
11h:48m: Partida de S. João da Pesqueira
12h:15m: Chegada a Lamego – Visita e almoço na Sra. Dos Remédios (recomenda-se que seja à base de presunto!)
14h:00m: Partida para S. João de Tarouca
14h:20m: Chegada a S. João de Tarouca – Visita à vila (indicação GoogleMaps)
15h:01m: Partida para Ovar
16h:51m: Chegada a Ovar (indicação GoogleMaps)

Notas:

* Como habitualmente, no momento da inscrição, devem dizer se podem levar carro e se têm lugares disponíveis para partilhar!

** Segundo alguns uma das melhores de Portugal!

Info e inscrições:

gomescarla@hotmail.com ou 966082462 (Carla Gomes).

A visitar:
www.atnatureza.org
www.cm-fozcoa.pt


MAIS INFORMAÇÃO E IMAGENS EM BREVE!!!

segunda-feira, outubro 13, 2008

CICLOne CONFERÊNCIA - EROSÃO COSTEIRA (1)

A Associação Amigos do Cáster promove mais uma oportunidade de exposição e debate sobre um tema da maior importância para o concelho de Ovar: "EROSÃO COSTEIRA".
Assim, muitos vareiros terão a oportunidade de descobrir quais as causas, as consequências e as possíveis soluções para este problema que assola o nosso concelho, sendo aliás, um dos que mais críticos a nível nacional.



Para tal, Carlos Coelho docente da Universidade de Aveiro e Álvaro Reis talvez o mais antigo e prestigiado ambientalista vareiro, irão testemunhar o seu trabalho, dando uma panorâmica que descreverá esta situação ao nível global e local.

Tema: EROSÃO COSTEIRA
Por: Álvaro Reis e Carlos Coelho
Data: Sexta-feira, 31 de Outubro pelas 21:45
Local: Junta de Freguesia de Ovar

Até lá!

sexta-feira, setembro 12, 2008

FESTIVAL INTERNACIONAL FOTONATURIS

Desde que dedico algumas umas horas da minha vida às "andanças" da "fotografia de natureza", este é um cartaz sem precedentes em Portugal. FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOTOGRAFIA DE NATUREZA, aqui no site do FOTONATURIS. Estarão em Portugal fotógrafos e exposições de fotografia de natureza excepcionais. Parabéns à malta do FOTONATURIS - Leiria, construiram um programa magnífico.

terça-feira, setembro 02, 2008

ECOPASSEIO | CABREIA | 21 DE SETEMBRO

Os Amigos do Cáster convidam-no para mais um Ecopasseio a realizar no próximo dia 21 de Setembro com início no parque de lazer da Cascata da Cabreia, freguesia de Silva Escura em Sever do Vouga.
A irregularidade do terreno de Sever do Vouga, conjugado com enormes torrentes de água e com uma rica flora local, surge a Cascata da Cabreia, onde as águas do Rio Mau ganham velocidade e força antes de se despenharem por uma rochosa encosta. Indubitavelmente bela e relaxante, a Cascata da Cabreia consegue oferecer ao seu visitante frescura provocada pela queda de água em conjunto com uma vegetação densa e exuberante.


Nas margens do Rio Mau situam-se também as minas da Malhada e do Braçal, sendo as mais imponentes as do Braçal desactivadas em 1959, onde se extraia o chumbo argentífero bem como volfrâmio embora em pequenas quantidades. Nas ruínas ainda hoje se podem distinguir várias infra-estruturas usadas na transformação do minério, um edifício onde funcionavam vários serviços administrativos da Companhia das Minas do Braçal.

O percurso que vamos realizar é de Pequena Rota e tem uma distância total de 10 km e grau de dificuldade médio. Deste percurso destacam-se a cascata da Cabreia e vegetação evolvente e as antigas Minas do Braçal onde vamos aproveitar para almoçar.

Não hesite venha com os Amigos do Cáster descobrir os encantos do pedestrianismo.

Dados a reter:
· Data: 21 Setembro 2008 (Domingo)
· Grau de dificuldade: Médio
· Local de encontro: Biblioteca Ovar
· Horário de saída: 9h00
· Horário previsto de chegada: 18h00
Taxa de inscrição:
o Sócios – 9,00 Euros
o Não sócios – 11,00 Euros
Inclui: Organização, transporte e seguro.


Inscrições:
E-mail:
jmlralmeida@gmail.com
Telemóvel: 964738413 (Jorge Almeida)
Data limite de inscrições: 19 de Setembro.

Nota: Os participantes deverão transportar alimentos e água para a actividade, bem como utilizar calçado e vestuário adequado (e eventualmente fato de banho), utilizando chapéu e protector solar.

segunda-feira, agosto 25, 2008

RIO CÁSTER E AMIGOS NO JORNAL "PÚBLICO"

Artigo no jornal "Público"

18 • Público • Segunda-feira 18 Agosto 2008

«RIO CÁSTER CONTINUA A CORRER POLUÍDO PELO CENTRO DAS CIDADES DA FEIRA E OVAR

Sara Dias Oliveira

Câmara de Santa Maria da Feira admite que a falta de saneamento neste município ajuda a explicar a poluição do rio que atravessa os dois concelhos

As descargas de empresas e limpa-fossas no rio Cáster têm estado no topo da lista de preocupações da associação ambientalista Amigos do Cáster de Ovar. O curso de água não se livra da poluição, depois de nascer no concelho de Santa Maria da Feira, passar pelo centro de Ovar e desaguar na ria de Aveiro.
“As fontes poluidoras não são fixas. Além da falta de saneamento no concelho da Feira, há algumas unidades industriais responsáveis por essa poluição e utilizam-se tanques móveis para fazer descargas”, revela Carlos Ramos, membro da associação Amigos do Cáster. O ambientalista adianta que os despejos são feitos com alguma regularidade, habitualmente quando há um maior caudal e à noite. “O rio fica com uma cor estranha mas, acima de tudo, os cheiros sentem-se por toda a cidade de Ovar”, afirma.
A associação Amigos do Cáster tem denunciado várias descargas, contactando o Serviço de Protecção da Natureza da GNR, e alertado a população para que esteja atenta ao mínimo sinal de poluição no rio.
O vereador com o pelouro do Ambiente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, Emídio Sousa, admite que a falta de saneamento neste município ajuda a explicar a poluição do rio que atravessa as duas cidades. “O problema de esgotos é uma realidade e enquanto o sistema de saneamento não estiver concluído é natural que se verifiquem situações pontuais de descargas”, refere.
O mesmo responsável sustenta ainda que a construção de um interceptor de esgotos, empreitada a cargo da SIMRia – Saneamento Integrado dos Municípios da Ria, é crucial para resolver a questão. “É uma obra fundamental para que a despoluição do rio Cáster seja uma realidade”.
“Todos os acordos e investimentos estão definidos, resta apenas esperar que a SIMRia comece a obra”, sublinha o autarca.
O vereador do Ambiente da Câmara Municipal de Ovar, José Américo, concorda que esta obra “vai ajudar a resolver o problema “no que diz respeito aos efluentes que são ligados na Feira”. O responsável salienta que a falta de rede de saneamento no município vizinho tem contribuído para a poluição do rio e que há uma empresa de papel de Ovar que tem feito descargas.
“Há gente que polui o rio e, nesse sentido, fazemos participações à GNR, para que accione os mecanismos necessários, e temos levantado autos de notícia”, garante o vereador.»

Carta aberta do BE
Vereador de Ovar garante estar atento


A poluição do Cáster levou o Bloco de Esquerda de Ovar a dirigir uma carta aberta ao vereador do Ambiente. O BE sublinha os “atentados ambientais” no “martirizado” rio que “continua a ser alvo de descargas de esgotos e resíduos” e lamenta o “cenário de água escura e pestilenta com cheiro nauseabundo” em Ovar. José Américo reage que não precisa de cartas sobre o problema. “A câmara está muito sensibilizada. Infelizmente não lhe compete resolver atitudes e comportamentos de algumas pessoas”, responde.

domingo, agosto 10, 2008

ACÇÃO INÉDITA DO "PALHEIRO AMARELO"

Palheiro Amarelo 3 Palheiro Amarelo 2
Palheiro Amarelo 1

O "Palheiro Amarelo" é uma associação de índole ambiental do concelho de Ovar com enúmeras demonstrações de grande dinamismo em particular na conservação da Barrinha de Esmoriz. Desta vez apresenta um acto singular no que diz respeito à conservação da natureza, que consistiu na libertação, após recuperação, de dois Milhafres Reais Milvus Milvus, e uma Coruja-das-Torres Tyto Alba.
Dado o estatuto da Barrinha de Esmoriz/Lagoa de Paramos - integração Rede 2000 e IBA Important Birds Area, Área Importante de Aves - o Parque Biológico de Gaia considerou, esta zona adequada para libertar as três aves, em causa.
Para aumentar a solenidade e visibilidade do acto a Associação Palheiro Amarelo, coordenou com o Centro de Recuperação do Parque Biológico de Gaia, a libertação destas aves, contando com a presença da imprensa e dos jovens da academia de surf do Palheiro Amarelo e da associação JUVEDREP de Esmoriz. Um momento que dificilmente os presentes esquecerão.
Tudo isto aconteceu na quarta-feira, 30 de Julho.
BEM HAJAM INICIATIVAS COMO ESTA!!

A ligação para o Palheiro Amarelo, e para as fotografias desta e outras actividades da sua academia de surf.

FESTIVAL INTERNACIONAL FOTONATURIS


Passo a apresentar mais um evento de grande qualidade, com convidados internacionais de primeira linha. Eles são, o espanhol José B. Ruíz, o holandês Frans Lanting e o sueco Staffan Widstrand. Mais informação sobre estas individualidades [aqui (1),(2),(3)].

Este festival será composto por palestras, workshops, exposições interiores e exteriores grande formato, e concurso de fotografia.

Ligações a seguir:
1. Festival Internacional de Fotografia de Natureza de Leiria;
2. Apresentação;
3. Agenda;
4. Concurso de fotografia. A todo o momento sairão informações do concurso de fotografia.

terça-feira, julho 22, 2008

BARREIRAS À PROMOÇÃO DA SEPARAÇÃO DOS RESÍDUOS

Existem diversas barreiras que levam os portugueses a serem dos que menos separam os resíduos na Europa. A falta de cultura e formação para as causas ambientais e o preço dos contentores domésticos são disso exemplo.

No dia 17 de Julho ao passar no largo de Santa Camarão (rua Licínio de Carvalho) deparamo-nos com um Ecoponto completamente cheio, estando alguns cidadãos, que cumprindo o seu dever cívico fizeram a separação dos resíduos em suas casas, já a colocar os mesmos no lado de fora do contentor.

Enquanto fotografávamos, foi-nos dito por um morador do largo que o contentor já esta cheio há cerca de uma semana (sendo esta uma situação recorrente). Referiu também que para além do impacto visual, com o vento o plástico fica espalhado por toda a rua.

Com exemplos deste nunca será fácil cumprir as metas impostas pela UE relativas à separação de resíduos. Acresce o facto de alguns contentores se encontrarem em muito mau estado de conservação o que leva a que ninguém os queira junto às suas casas, sendo esta mais uma barreira à promoção da separação.

Solicitamos aos cidadãos que comuniquem à ERSUC - Resíduos Sólidos do Centro, S.A, através do e-mail geral@ersuc.pt ou do telefone 239 851 910 situações similares a esta para que venham fazer a recolha, salientando a todos que em nome de um desenvolvimento sustentável, separem os resíduos em casa e os coloquem nos contentores apropriados.


Ver notícia no Jornal Praça Pública [aqui].

quinta-feira, junho 26, 2008

DESCARGA PARA O NOSSO RIO CÁSTER

No passado dia 21 de Junho, por volta das 16h, detectamos mais uma situação de descarga para o rio Cáster, desta vez junto ao açude localizado nas proximidades da Rua da Cercivar. As autoridades foram de imediato alertadas, no sentido de averiguar a proveniência e de seguir os trâmites legais.
Aproveitamos o facto para lembrar novamente que situações semelhantes podem e devem ser comunicadas e divulgadas. Para o fazer bastará alertar os Amigos do Cáster ou o Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), no posto da GNR de Ovar ou através dos números 256 572 629 ou 808 200 520. Fotos: Duarte Regalado